Dicas para quando dói a cabeça

PUBLICIDADE


Quando as dores de cabeça surgem é importante estar atento aos sintomas que as caracterizam. Manter um registo em que se anota a sua localização, intensidade, duração, altura do dia em que surgem, sintomas associados e possíveis causas, pode ajudar o médico ou farmacêutico quanto ao tratamento a seguir.
Perceber a causa das dores de cabeça é fundamental pois, ao identificar o problema, o tratamento torna-se mais eficaz.

Os analgésicos e anti-inflamatórios são, na maior parte das situações, a primeira opção de tratamento da dor de cabeça. Devem ser tomados aos primeiros sinais. No entanto, para situações mais particulares, em que este tratamento não seja eficaz, existem medicamentos específicos, alguns dos quais são utilizados para prevenir crises.

As dores de cabeça são muito comuns e uma das principais razões que levam as pessoas a automedicar-se. É necessário ter alguma precaução, pois embora os analgésicos aliviem a dor, não devem ser utilizados por sistema e sem aconselhamento de um profissional de saúde. O seu uso excessivo e prolongado pode dar origem às chamadas cefaleias por abuso de medicação: a dor surge quando o efeito do último comprimido começa a desaparecer, obrigando a nova toma.

Impõe-se uma consulta médica imediata quando, além da dor de cabeça, surge pelo menos um dos seguintes sintomas:

– febre elevada

– rigidez do pescoço

– perda de visão, tonturas

– convulsões

– falta de forças

– dor que se arrasta por vários dias, é resistente aos medicamentos ou que se agrava com o tempo.
TAGS: ,
PUBLICIDADE

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE

Os Mais Vistos da Semana

Seguir por Email

Visualizações