Dores de cabeça



COMA
• Refeições ligeiras e regulares, a fim de evitar níveis baixos de açúcar no sangue.
• Óleos vegetais extraídos a frio, abacate, frutos secos e sementes, pela vitamina E.
REDUZA
• Cafeína em excesso, presente no café, chá e bebidas à base de cola.
• Álcool.

Muitas pessoas que sofrem de dores de cabeça recorrentes verificam que alterações simples de dieta resultam em melhores rápidas e reais. Fazer refeições ligeiras a intervalos regulares, por exemplo, constitui uma boa medida preventiva, pois, como se sabe, saltar refeições provoca uma descida dos níveis de açúcar no sangue, que, por sua vez, pode precipitar uma crise de dores de cabeça. Se acorda muitas vezes com dor de cabeça, o baixo nível de açúcar no sangue pode ser o factor responsável: coma qualquer coisa à noite, ao deitar, e de novo de manhã, ao acordar.



A desidratação é outra causa comum de dores de cabeça, sobretudo quando o tempo está quente ou a seguir à pratica de desporto ou ao consumo de álcool em excesso; o simples hábito de beber muita água, a fim de substituir os líquidos perdidos, pode ajudar a atenuar este tipo de dores de cabeça. Para não ficar desidratado, beba água aos goles durante o período de exercício.
O excesso de cafeína também pode dar origem a dores de cabeça, porque altera o fornecimento de sangue ao cérebro. A redução da cafeína pode ser útil no caso de dores de cabeça recorrentes, mas não retire a cafeína da dieta de repente, pois isso pode provocar dores de cabeça como sintoma de privação.
As alergias ou os aditivos utilizados em certos alimentos processados também podem estar na origem de dores de cabeça. Algumas comidas chinesas com molhos de soja e peixe fermentados podem desencadear dores de cabeça de curta duração em algumas pessoas. Se pensa que as suas dores de cabeça estão relacionadas com alimentos específicos, faça um diário alimentar e vá eliminando os alimentos suspeitos um a um.
Muitas das dores de cabeça são provocadas por tensão mental ou física, ou as duas. Se a dor for latejante e sente pressão por detrás dos olhos e parece ter uma fita apertada à volta da cabeça, é provável que o problema se deva à tensão. Contudo, as dores de cabeça podem resultar de uma diversidade de problemas, como deficiência da função hepática ou renal, reduzida ingestão de líquidos ou alergias. Os alimentos ricos em vitamina E – abacates, óleos vegetais extraídos a frio, frutos secos e sementes – podem ajudar, porque a vitamina neutraliza o efeito dos radicais livres tóxicos, que se pensa estarem associados a alguns tipos de dor de cabeça.
Outras causas de dor de cabeça são ressacas, preocupações, postura incorrecta, actividade esgotante, artrite na região cervical, habito de ranger os dentes ou mordida regular, conduzir em percursos muito longos, tensão ocular ou uso de óculos inadequados. As flutuações hormonais antes de períodos menstruais, na gravidez e na menopausa desencadeiam muitas vezes dores de cabeça nas mulheres.
A maioria das dores de cabeça reagem bem com repouso, ingestão de muitos líquidos e analgésicos, como a aspirina.

Consulte o seu médico
• Se a dor de cabeça começar subitamente e for acompanhada de febre, rigidez no pescoço, erupção cutânea ou vómitos. Isto é muito importante no caso das crianças.
• Se o tipo ou padrão das suas dores de cabeça habituais mudar.
• Se os analgésicos vulgares não ajudam e a dor de cabeça é intensa.
• Se as crises se tornam mais frequentes ou mais fortes.
• Se a fala, memoria ou visão começarem a deteriorar-se.
• Se o equilíbrio for afectado ou desmaiar.
• Se houver perda de peso considerável ou fraqueza muscular, além das dores de cabeça.
• Se acorda com dores de cabeça, que pioram quando tosse ou espirra.
• Se as dores de cabeça forem persistentes.






0 comentários:

Enviar um comentário


Posts Mais Populares

PUBLICIDADE
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...