Brócolos



BENEFÍCIOS
• Excelente fonte de vitamina C.
• Fonte razoável de betacaroteno.
• Contêm ácido fólico, ferro e potássio.
• Podem ajudar a proteger do cancro.

Cerca de 100 gramas de brócolos cozidos fornecem um pouco mais de metade da dose diária recomendada de vitamina C, uma quantidade razoável de betacaroteno, que o organismo converte em vitamina A, e algum acido fólico, ferro e potássio. Quanto mais escura a sua cor – sejam roxos, verdes ou verde-azulado-escuros – tanto maiores as quantidades de vitamina C e betacaroteno. No entanto, a cor verde-azulada ou escura muito intensa pode dever-se à presença excessiva de nitratos e nitritos, tóxicos para o consumidor. Isto se as plantas forem cultivadas com adubo azotado em excesso, o que é frequente em Portugal.
Como a couve-flor, as couves-de-bruxelas e as couves propriamente ditas, os brócolos pertencem à família das crucíferas, plantas que contêm diversos compostos benéficos, entre eles, inclui-se o indol, composto azotado que pode oferecer alguma protecção contra o cancro, pois ajuda a impedir que os carcinogénios destruam o ADN, a substância que contém o material genético da célula. As substâncias fitoquímicas conservam as suas qualidades, quer o vegetal esteja fresco, congelado, cru ou cozinhado. Ferver os brócolos, contudo, reduz-lhes o conteúdo em vitamina C quase para metade; assim, é preferível cozê-los a vapor, no microondas ou salteá-los.
Pensa-se que os brócolos são originários da região mediterrânica – o seu nome deriva do latim brachium, que significa ramo. Desde o século XVI ou XVII que têm sido cultivados na província italiana da Calábria, onde são conhecidos por calabrese.





0 comentários:

Enviar um comentário


Posts Mais Populares

PUBLICIDADE
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...